Escola de Palmeira promove projeto educacional que visa melhorar o comportamento de alunos

Durante o mês de agosto, os alunos da Escola Municipal Nossa Senhora do Rocio, em Palmeira, darão continuidade ao projeto ‘Semáforo do Comportamento’, iniciado no primeiro semestre. A atividade tem como objetivo incentivar boas ações comportamentais, além de melhorar o rendimento do aluno durante a entrada, nas aulas, no recreio e no ônibus.

A ideia surgiu da professora, Ana Paula Aracheski, da turma do 3° ano, e ela conta que se inspirou através de pesquisas de alternativas para melhorar o comportamento dos alunos em sala de aula. “Essa atividade resultou na promoção do bom comportamento como também ao envolvimento dos responsáveis no desenvolvimento das ações das crianças na escola”, conta a professora.

Os pais receberam um calendário que apresentou o comportamento diário do aluno marcado com as cores de um semáforo. Em junho começou a feirinha do comportamento, com brinquedos, livros, maquiagem, perfumaria, roupas, calçados entre outros, e os alunos tiveram oportunidade de comprar com o ‘dinheirinho’ que ganharam, conforme seu comportamento.

“Como no mês de agosto teremos 22 dias letivos, então todos os alunos têm 22 reais de ‘dinheiro fictício’. A cada comportamento errado será marcado no semáforo a cor amarela ou vermelha conforme a gravidade. Se for vermelho o aluno perde 1 real naquele dia, se for amarelo, o aluno perde 50 centavos, a professora premiava os que tiravam somente verde com medalhas”, disse a diretora, Joelma Bach Poncheki. Em setembro os alunos poderão trocar o dinheiro novamente na feira.

A pedagoga, Marcia Furman, conta que utilizará o “dinheiro fictício” para trabalhar operações, sistema monetário, adição, subtração e demais conceitos em sala de aula. “Essa atividade é muito interessante, pois desenvolverá nos alunos diversas habilidades. Uma delas é a melhora do comportamento para poderem desfrutar da feira, e também é uma forma de aprender na prática sobre o sistema monetário, já que cada aluno terá um valor para gastar e comprar apenas o que o dinheiro permitir” disse Marcia.

da Assessoria de Imprensa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *