Municípios buscam em PG modelo de incentivo ao empreendedorismo

Nas últimas semanas, Coordenadoria de Fomento ao Empreendedorismo e Inovação recebeu representantes de Mallet, Carambeí, Pato Branco e Maringá

As iniciativas desenvolvidas em Ponta Grossa de incentivo ao empreendedor local estão servindo de inspiração para o desenvolvimento de soluções em outras cidades. Nas últimas semanas, a Coordenadoria de Fomento ao Empreendedorismo e Inovação, da Secretaria da Fazenda, recebeu comitivas com representantes dos municípios de Mallet, Carambeí, Pato Branco e Maringá, que vieram à Ponta Grossa saber mais sobre projetos como a Sala do Empreendedor, a Sala Digital e o Descomplica.

“O que estamos compartilhando com representantes de Prefeituras e Sebraes que estão nos procurando é a nossa experiência, como fizemos para desenvolver uma Sala do Empreendedor vocacionada para inovação e criamos tantos projetos pioneiros. Na última semana, por exemplo, recebemos uma comitiva de Maringá, que vem enfrentando um estrangulamento no atendimento ao empreendedor e estão buscando ampliar este conceito, com ferramentas como a Sala Digital e o atendimento nos Cras”, detalha a coordenadora de Fomento ao Empreendedorismo e Inovação, Tonia Mansani.

Nos encontros, a Prefeitura de Ponta Grossa tem apresentado detalhadamente os trabalhos desenvolvidos pela Coordenadoria de Fomento ao Empreendedorismo e Inovação, desde a estruturação em 2013, quando os trabalhos foram iniciados pela gestão, passando pelo desenvolvimento de todas as políticas públicas de inclusão social, a criação da Sala do Empreendedor Digital, a descentralização dos serviços, que passaram a ser ofertados nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) do município, a aceleradora de negócios VOE e o programa Descomplica.

“Nosso município está despontando com iniciativas pioneiras de incentivo ao pequeno empreendedor, garantindo que ele tenha condições de se desenvolver e até mesmo ampliar sua atuação. Foram através de políticas públicas específicas e programas como a Voe e a Sala Digital que o microempreendedor individual chegou ao patamar de representar 30% da nossa economia. Além de incentivar o empreendedor da nossa cidade, são iniciativas que podem também ajudar a pensar em soluções para problemas em outros municípios”, avalia o prefeito Marcelo Rangel.

Pato Branco

“Concluímos que o modelo de Ponta Grossa é extremamente exitoso, com objetivos e estratégias de políticas públicas bem delineadas e definidas. Nos reuniremos com os responsáveis na cidade de Pato Branco para debater e expor nossas impressões, afim de resolver as demandas do MEI, que cada vez vem crescendo mais e se tornando mais importante”, afirma o Gerente Regional Sul SEBRAE/PR de Pato Branco, César Giovani Colini.

Participaram da reunião o gerente regional Sul Sebrae/PR, César Giovani Colini; a gestora do Sebrae Pato Branco, Maria Auirea Mülhamann; o consultor do Sebrae Pato Branco, Claudocir Conceição; a consultora credenciada, Vaniely Cirino; e a consultora do Sebrae Ponta Grossa, Suelen Pedroso.

Carambeí

“Foi um encontro muito produtivo e esclarecedor, são cidades parceiras, com prefeitos empreendedores. Ponta Grossa deu o pontapé inicial no processo de desburocratização, estamos batalhando há um bom tempo buscando maneiras para prestar um serviço mais ágil, para alcançar o melhoramento contínuo nos processos. Depois do encontro, já iniciamos a integração do sistema da prefeitura (IPM) com a rede Empresa Fácil e muito em breve todas as consultas prévias da nossa Prefeitura serão exclusivamente pelo sistema”, comenta o secretário de Planejamento e Urbanismo, Dennis Verschoor.

Além dele, também estiveram presentes na reunião o diretor do departamento de Informática, Edison Rodrigo Moura, representante do sistema Empresa Fácil em Carambeí e estagiários de setores relacionados.

Mallet

“Soubemos do projeto Descomplica em Ponta Grossa e ficamos muito interessados em saber como funciona, porque também enfrentamos demora e burocracia nesse processo. Essa iniciativa vem a somar muito e vai fazer a diferença na realidade do empreendedor se conseguirmos implantar em Mallet. Já estamos nos mobilizando para rodar essa proposta na cidade o quanto antes, para agilizar a emissão de alvará de nossos empresários”, destaca o secretário de Indústria e Comércio, Jossoel Nicolaico ‘Léo’. Também acompanhou o encontro o secretário de Administração, Cléber Augusto Engroff.

Maringá

A visita foi de suma importância, uma troca de experiências muita válida para gente inovar. Muitas vezes, a gente toca as demandas no dia a dia e não consegue ver alternativas para melhorar os processos. Esse encontro nos permitiu ver estratégias, planejamento, iniciativas que podemos adequar à nossa realidade. Trouxe muitas possibilidades de caminhos para melhorar aquilo que já temos implantado aqui”, aponta a gerente da Sala do Empreendedor, Cássia Mendonça.

Também acompanhar o encontro o Diretor de Inovação, César Rael; o gerente de sistemas do CTI, Thiago Mendes; a atendente da Sala do Empreendedor, Francine Lima; o gestor do ambiente de negócios regional Noroeste Sebrae/PR, Wendell Gussoni; e a gestora de empreendedorismo regional Noroeste Sebrae/PR, Rosineide Pereira.

da Assessoria de Imprensa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *