Segurança feminina: PG conta com apps de transporte exclusivo para mulheres

Quem é mulher sabe como, às vezes, pegar um carro de aplicativo pode passar uma sensação de insegurança. Afinal, não são poucos os casos de assédio e até mesmo estupros cometidos por motoristas. “Eu já tive problemas de o motorista ficar me mandando whatsapp depois da corrida, o que me fez desinstalar o aplicativo”, conta Elisângela Almeida Schmidt, usuário de apps de transporte.

E foi pensando na segurança e comodidade tanto das passageiras quanto das motoristas que surgiu o ‘Divas no Volante’. “A proposta é ser uma opção para as mulheres que querem se sentir mais tranquilas com outra mulher dirigindo”, explica a sócia fundadora o app, Andrea Iank. Lançado em junho e relançado em agosto deste ano, o Divas no Volante já conta com 185 motoristas cadastradas e mais de 9 mil usuárias.

Elisângela, que já usou o Divas, conta que se sentiu muito mais segura. “Quando uso outro aplicativo e o motorista é homem eu fico pensando na roupa que estou vestindo, onde vou sentar. Se eu estiver de saia nunca sento ao lado do motorista. Já quando a motorista é mulher nem me preocupo”.

Outra opção para quem quer uma motorista mulher é o Cartax. Diferente do Divas, ele não é exclusivamente feminino, mas há a opção de escolher transportar ou ser transportado apenas por mulheres. “Essa escolha existe tanto para as usuárias como para as motoristas, pois queremos que todas se sintam seguras. Basta selecionar essa opção na hora de instalar o app”, explica Anderson Teixeira, representante do Cartax. Há 3 meses em funcionamento, o aplicativo possui 400 motoristas e 2 mil passageiros cadastrados.

Para Elisângela, esse tipo de app deve ser divulgado e incentivado. “É importante para as mulheres saberem que existem outras opções além de Uber e 99. Eu já indiquei para várias amigas e conhecidas”, complementa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *