Sanepar vai vistoriar quase 14 mil ligações de esgoto nos Campos Gerais

Na próxima semana, a Sanepar dará início ao trabalho de vistoria técnica operacional nos municípios de Telêmaco Borba, Castro e Reserva. As vistorias têm como objetivo conferir se os imóveis estão corretamente interligados à rede coletora de esgoto da Sanepar.

O gerente regional Eliézer Cunha Ribas explica que a ação é fundamental para combater ligações irregulares, assegurando que o esgoto seja encaminhado para as estações de tratamento. Com isso, espera, também, sensibilizar a população para evitar a poluição do meio ambiente. “Além do aspecto ambiental, o esgoto, coletado e tratado, contribui para a saúde das pessoas e melhora a qualidade de vida de toda a comunidade”, afirma.

Ele conta que, nas três cidades, 13.915 imóveis passarão pelas vistorias. Destas, 4.015 serão feitas em Telêmaco Borba, 8.250 no município de Castro e 1.650 em Reserva. Após a visita de técnicos da Sanepar ao imóvel, os moradores terão um prazo de 30 dias para fazer as adequações que forem necessárias nas instalações sanitárias. Na sequência, uma nova vistoria será realizada para verificar se as ligações foram feitas da maneira correta.

Vistoria – A vistoria é feita de maneira bem simples. Enquanto um funcionário coloca corante nos pontos de água dentro da casa – banheiro, cozinha, área de serviço, ralos, etc. –, o outro observa o escoamento dessa água para ver se a ligação de esgoto do imóvel está correta. Também se observa se existe caixa de gordura instalada e se a água da chuva é direcionada corretamente para a galeria pluvial ou está sendo lançada na rede de esgoto irregularmente.

Os agentes que farão as vistorias foram treinados pela Sanepar e estão capacitados para executar o trabalho em nome da empresa. Eles andam em duplas e podem ser identificados pelo uso de uniforme azul, crachá e veículo com a inscrição “a serviço da Sanepar”. Em caso de dúvida, o morador deve entrar em contato com a Central de Atendimento ao Cliente Sanepar, pelo telefone 0800 200 0115, que funciona 24 horas. A ligação é gratuita.

Uso correto da rede – Na rede da Sanepar só deve ser lançado o esgoto, ou seja, a água que foi usada no banheiro, na cozinha e na lavanderia. O esgoto que sai da pia da cozinha e da churrasqueira, por exemplo, deve passar pela caixa de gordura antes de chegar à rede da Sanepar. Além disso, não se deve lançar a água da chuva na rede de esgoto, de acordo com o Decreto Estadual nº 5.711/2002 (Código de Saúde do Paraná). O documento diz que é vedada a ligação de águas pluviais ou resultantes de drenagem à rede coletora de esgoto sanitário. Isso evita a sobrecarga da tubulação, que pode resultar em transbordamento nas vias públicas ou para dentro dos próprios imóveis, além de prejudicar o processo de tratamento do esgoto.

da Assessoria Sanepar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *