Filho de professora assassinada escreve texto em homenagem à mãe na rede social

O feminicídio foi na última quarta-feira (4) em Ponta Grossa, no bairro Órfãs em frente ao local de trabalho da professora

Entenda o caso:

No cenário uma escola, uma avenida movimentada, muitas crianças, uma professora e um ex-marido. Luciane Ávila, de 42 anos, foi brutalmente assassinada na tarde de quarta-feira (04) no momento em que chegava para trabalhar em uma escola localizada na Avenida Anita Garibaldi, em Ponta Grossa. O acusado pelo assassinato é o ex-marido da vítima, Marcelo de Ávila, 43 anos. O filho do casal, que estava a caminho de mais um dia de aula, ao lado da mãe, presenciou todo o crime.

De acordo com as informações do Corpo de Bombeiros, a mulher levou em torno de cinco facadas na região do abdômen. Ela chegou a ser socorrida com vida, mas acabou morrendo poucos minutos depois, dentro da ambulância. O filho de Luciane foi socorrido por professores e ficou todo o tempo no interior da Escola.

Relatos extra-oficiais de testemunhas dão conta que Marcelo abordou a ex-mulher no momento em que ela estava entrando trabalhar. Com uma faca de cozinha, ele a golpeou na barriga. Mesmo ferida, ela chegou a dar alguns passos e caiu no outro lado rua. Socorristas do Samu, Siate e médicos tentaram reanimar a vítima com massagem cardíaca, mas não foi o suficiente. Ela não resistiu aos ferimentos. O homem empreendeu fuga porém foi encontrado e preso horas depois pela Polícia.

O Instituto de Criminalística esteve no local. Como Luciane recebeu atendimentos médicos e morreu dentro da ambulância, o IML não foi acionado. O corpo foi levado pelo Siate.

O filho mais velho de Luciane, Lucas Cedric Ávila, 25 anos, escreveu um emocionante relato sobre a mãe em uma rede social.

Imagens: Facebook

Confira o texto na íntegra:

Hoje não teve nosso “Bom dia Amore”
A Manhã hoje foi bem complicada pra mim Manhê
Pois eu acordava e ja mandava o meu bom dia pra você, isso quando você ja não tinha se adiantado e me mandado um “Oi meus Amores, que horas vem?”
Hoje Manhê, não vai ter o nosso abraço demorado e os beijos, beijos e beijos
Que todos que pudemos dar, nos demos.
Mas me dói muito não poder mais te dar aquele carinho todo que sempre me deu!
Hoje eu não sei se posso cuidar dos meninos como você cuidava deles, da Jai, Heitorzinho e de mim
Mas eu vou fazer o impossível.
Nesta hora vem você em minha mente, me levantando como todas as vezes que pensei em desistir.
Você sempre sabia o que me dizer, Mãe.
Que Deus permita que as pessoas te vejam em mim!
Quando eu der minhas aulas com amor, em todos os cuidados com meus alunos.
Com a facilidade de falar em público que só aprendi com a sua desenvoltura!
Em ser forte e cuidadoso com quem amo.
E Amar!Amar como você me ensinou…
A não segurar o choro e expressar o que sinto, tenho falhado nessa parte de desabafar e partilhar, mas vou melhorar, Mãe.
As cartas com sermões e conselhos tenho todas!
E os abraços, beijos e carinhos constantes e sem motivo, apenas por excesso de Amor, eu vou seguir fazendo com os meninos e para a Jai…
Heitor ainda não entende muito, mas me dói demais por ele não ter o PRIVILÉGIO de conviver mais com você, ele iria aprender tanto contigo, como aprendeu nesse 1 ano e seis meses dele!
Como você amava ser Vovó, como você amou ouvir que a primeira palavrinha dele foi Vovó!
Meu Deus como você amava seu netinho e ele ama você!
Me emocionei muito ao ver as mãozinhas pintadas pelos seus aluninhos, pois eu sei quanto amava eles, como amava ver a evolução e o carinho deles por você!
Eu sabia todos os nominhos deles e suas conquistas.
Nesses 11 anos de Escola Desafio, cada aluno, cada colega de trabalho cada família, cada história, tudo!
Você Amava muito tudo isso e eu sei que era recíproco, Eles também te amam muito e choram conosco, Profê Lu.
Sobre o Igor e o Dan, eu vou fazer mais que o meu melhor!
Sei que só você conhecia cada detalhe nosso, os gostos, manias e tudo!!!
Você conhecia nossos corações profundamente!….

Veja o post:

https://www.facebook.com/lucascedric.avila

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *